Alberto Santos Dumont

Há muito material disponível sobre Santos Dumont.
Pesquisando na internet, você vai descobrir tudo sobre a história deste grande Brasileiro. Suas invenções, o primeiro vôo, a falsa polêmica com os irmão Wright (it's all about money). Está tudo nos links que seguem:

www.santosdumont.org.br
www.aeroclub.com
http://www.hydroretro.net/etudegh/machines_volantes_santos-dumont.pdf

Mas acho que tudo que se disse, é pouco para a dimensão de seu sonho. Então, só vou deixar uma foto que alguem enviou, e algumas palavras...


Saint Cloud

Nesta manhã de inverno europeu,
surpreendo-me a pensar.
Passa tão rápido...
Olho para Paris, do alto,
palco de minha luta e encantamento...
Vendo fugir-me o Sena sob os pés,
quem sabe, senão eu,
quanto custou a doce visão
deste fluído torvelinho ?

É também fluído o ar que me sustem
entre esta dimensão e o sempre.
Embriagante é o cheiro de motor
que me mantém
e me carrega pelo vento.
Ah, o vento...

Agora, espera.
Sou lapso no tempo,
sou só um momento
entre o espaço e o sentimento.

Agora, sim.
Sou célere, sou movimento...
Sou desafio constante
entre terra e firmamento.

Agora,sim, sou mito.
Veloz, sou lenda.
Amigo de Ícaro
louco alento


E num átimo,
olhos no horizonte,
lembro-me,
sou humano...
embora primeiro...
Tudo é fugaz !
Já torno,
minha terra de palmeiras, azul céu,
salgadas lágrimas de mar...

  E.F. Maini
Jundiaí, 06/07/2008
 

Saint Cloud
Dans ce matin d'hiver
je me surprend entrain de réfléchir.
Cela passe si rapidement...
Regardant Paris, de haut,
scène de ma lute et enchantement...
Voyant s'enfuir la Seine sous mes pieds,
qui sait, sinon moi,
combien a couté cette douce vision
de ce fluide pluvieux?
C'est aussi fluide que l'air qui me soutient
entre cette dimension e le toujours
envoutant odeur de moteur
qui me maintient
et m'emporte par le vent.
Ah, le vent...
Je suis un lapsus dans le temps,
je suis juste un seul moment
entre l'espace et le temps.
Maintenant oui.
Je célère, je suis mouvement...
Je suis un défi permanent,
entre terrer et firmament.
Maintenant je suis un mythe.
Véloce, je suis légende.
Ami de Icaro
fou perdu
Et en un instant
yeux rives a l'horizon
je me rappelé,
je suis humain...
Même si avant tout...
Tout est fuite!
Je retourne,
ma terre de palmiers, ciel bleu,
salée par les larmes de la mer...

 
 

 
Aviso: Alguns modelos voam em alta velocidade. Não arremesse os aviões perto ou em direção a outras pessoas, pois podem causar danos. Não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações. Não enviamos e-mails, nem arquivos anexados. Só respondemos e-mails mencionando o assunto. Os modelos estão protegidos por copyright. Somente seu uso pessoal é permitido. Para quaisquer outros fins, entre em contato pelo e-mail: efmaini@gmail.com
webdesign e Hospedagem: Mundo Digital
.©  copyright 2000 - 2010  - Aviões de Papel  - ™ Todos os Direitos Reservados.